Atendimento / Suporte:
(14) 3032-6679
(14) 9 8212-1612

INÍCIO    SISTEMA PARA TELEMARKETING    APLICATIVO MENSAGEIRO MÓVEL    SERVIÇOS    DICAS / NOTÍCIAS    QUEM SOMOS    CONTATO
PROFISSIONALIZANDO E PREPARANDO SUA ENTIDADE PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Em: 10/10 ás 08:08hs. Esteja preparado para a captação. Materia publicada na Revista Filantropia

Para conseguir angariar recursos com seu departamento de Telemarketing é essencial que sua entidade esteja preparada para divulgar as ações desenvolvidas pela instituição.

Para alcançar a sonhada visibilidade, é preciso que a comunicação seja planejada e estratégica. Para isso, faz-se necessário um planejamento que inclua gastos com recursos humanos e financeiros periódicos. “A comunicação é o principal trampolim para a captação de recursos. Quanto maior e mais bem organizada for a comunicação, mais resultado será trazido para a captação, por isso é importante investir nisso”, explica Marcio Zeppelini, consultor em comunicação para o Terceiro Setor e editor da Revista Filantropia.

A profissionalização da área de comunicação se torna cada vez mais importante para a credibilidade das informações transmitidas, seja à mídia ou aos parceiros das organizações. De acordo com Trigueiro, o amadorismo custa caro ao Terceiro Setor. “É grande o número de entidades que procuram ajustar seus procedimentos na divulgação de maneira cada vez mais profissional, prestando mais atenção em detalhes que antes passavam despercebidos”, diz.


A Prisma Brasil ajuda a sua Entidade a profissionalizar seu departamento de Telemarketing, divulgando para comunidade os serviços realizados na instituição clique aqui para conhecer nossos serviços


O Projeto Axé, ONG de Salvador que tem como objetivo ser um espaço educativo para crianças em situação de exclusão, foi fundado em 1º de junho de 1990 e sempre procurou comunicar suas ações, mesmo sem sentir necessidade de montar um esquema de comunicação propriamente dito. “A única estratégia elaborada por nós foi de comunicar as atividades, resultados e problemas vivenciados pelo Axé em seu dia-a-dia, sobretudo à cidade de Salvador, e depois a nível nacional e internacional”, conta Cesare de Florio La Rocca, presidente da entidade.

Para Felipe Mello, diretor da ONG Canto Cidadão, não ter uma boa estratégia de comunicação é sinal negativo. “Quando não existe planejamento do que será divulgado, para quem será divulgado ou por que, o tipo de material que chega à mídia é frágil, sem consistência ou coerência com a história do trabalho. E isso pode até mesmo comprometer a imagem da iniciativa, tanto junto ao veículo de comunicação quanto aos ouvintes ou telespectadores, na hipótese de uma matéria ruim ser divulgada”.

Fernando Credidio, presidente-executivo do Instituto Parceiros da Vida de Comunicação & Responsabilidade Social Empresarial, complementa que a comunicação deve ser marcante. “A organização deve falar para quem ela está se dirigindo. Acho que tem de ser agressiva, no sentido de incentivar e emocionar aquela pessoa, sem cair no lugar comum. Também é bom sensibilizar os jornalistas com a parte boa das ações, sem omitir as deficiências da entidade”, sugere.

As dificuldades sentidas pelas entidades para conseguir espaços de divulgação muitas vezes atrapalham o trabalho realizado, ou até mesmo diminuem o âmbito que poderiam alcançar. O Centro de Valorização à Vida (CVV), que possui 60 unidades em todo o Brasil e é composto por cerca de 3 mil voluntários, é divulgado mas não tanto quanto gostaria, pela necessidade que tem de ser conhecido.

Os voluntários são responsáveis por conseguir apoio local, regional e nacional para realizar a divulgação do serviço. Nacionalmente, buscamos agências de publicidade que possam criar e veicular campanhas. Essas mesmas campanhas são distribuídas em nível local pelos próprios postos, com o apoio das equipes de divulgação. Além da publicidade, temos o apoio de uma assessoria de imprensa que nos ajuda em entrevistas”, conta Adriana, voluntária da área de comunicação.

Porém, na hora de divulgar as peças publicitárias, sempre aparecem problemas. “Muitas vezes o parceiro que criou a campanha sente dificuldade em produzi-la. Em outras, temos a criação e a produção, mas não conseguimos espaço para veiculação. A dificuldade também está no fato de os materiais serem caros, dificultando o volume de distribuição”, acrescenta ela.

Por isso é essencial que as ações que sua instituição faz no dia-a-dia sejam divulgadas para a comunidade.

Deixe seu comentário:

Mais notícias do Terceiro Setor:
10/03/2022 - Resolução 0303 da Anatel, E agora?
23/09/2021 - Quem são os integrantes de um departamento de telemarketing filantrópico
24/09/2020 - Sistema de telemarketing para trabalho Home Office
27/11/2019 - Sugestões para arrecadar doações através do Telemarketing
01/11/2018 - Natal Solidário - Campanha Especial de Natal
31/08/2018 - Como divulgar seu departamento de Tele Doações e melhorar os resultados do seu telemarketing
26/06/2018 - Vantagens de ter o seu próprio Departamento de Telemarketing
03/01/2018 - A importância de cativar e fidelizar os doadores de sua Central de Doações
02/03/2017 - Planejamento de uma Central de Doações - Parte II
31/01/2017 - Planejamento de uma Central de Doações - Parte I
02/11/2016 - Campanha especial de Natal 2016 (Natal Solidário)
15/02/2016 - Estimulando as doações em tempos de crise financeira
28/08/2015 - Entenda como funciona a nota fiscal paulista e como ela pode beneficiar sua Entidade
25/06/2015 - Central de Doações, Teledoações ou Departamento de telemarketing?
08/04/2015 - Como criar script para telemarketing filantrópico em cinco passos
10/02/2015 - Equilibrando as despesas de inicio de ano a ajuda do Telemarketing
05/12/2014 - Organizando campanhas especiais para sua Entidade
04/09/2014 - Website - Motivos para sua Entidade ter um
08/07/2014 - Dicas para manter a reputação de sua entidade em alta
14/04/2014 - Cinco dicas para supervisores de central de doações
FIQUE ATUALIZADO:

Cadastre seu e-mail para receber gratuitamente dicas sobre Telemarketing para o Terceiro Setor:

Seu nome:
E-mail:
Nome da Entidade:
Cidade:

FALE CONOSCO:

Utilize o formulário abaixo para entrar em contato com a Prisma Brasil.


Prisma Brasil Assessoria e Consultoria ao Terceiro Setor
Rua José Manoel Caseiro, 455
Jardim Maria Cibele - Jaú SP
CEP 17208-370
Conecte-se conosco:
Suporte: (14) 3032-6679 / (14) 9 8212-1612